Blog Boa Vida

Quando eu me for …

Luto

“Quero que o velório seja feito na Capela da Comunidade e que dure o tempo que meus familiares quiserem (12 horas, 18 horas etc);
Quero usar minha camisete com flores vermelha que está na primeira porta do meu guarda roupa;
Quero que minhas unhas sejam pintadas de vermelho.
E pretendo voltar junto aos meus pais, no túmulo onde eles estão sepultados”.
Depoimento de:   M. S. C. em 15/04/2008
.

Explanação como a de cima serve para exemplificar a importância de conversar sobre a morte. Pois pode até parecer estranho, mas para quem fica saber o desejo da pessoa que se foi e poder de certa forma atender essas vontades é como se o ciclo foi fechado.

E você já conversou com sua família sobre suas vontades ?
Esse diálogo não chamará a morte e sim trará clareza para você e sua família.

Fale desse assunto, diga para sua família que precisam conversar sobre, pois a dor da perda será inevitável, mas saber dos desejos e das vontades de quem se foi dará a quem fica um norte, um caminho a seguir.

Colaborou Tássia Hostin de Deus - Assistente Social CRESS 4237.

 

  • Compartilhe:
  • Facebook
  • Twitter
  • WhatsApp
  • LinkedIn

Posts Relacionados

Sobre Saudade...

Luto

Hoje é dia 30 de janeiro, e essa data ganhou um significado especial ao ser instituído e celebrado no Brasil o Dia da Saudade. Te convido a parar uns minutinhos e pensar: Do que, ou de quem sinto saudades? Só de par...

LEIA MAIS

O tempo do luto

Luto

Perder alguém significativo nos tira o chão, nos abre um enorme buraco, nos esvazia a alma. Por vezes até nossas crenças nos deixam sem amparo, ficamos órfãos. A dura realidade da morte se impõe, perce...

LEIA MAIS

Novos Planos e
Valores Boa Vida

Plano Valor

No momento mais difícil da vida, nosso cliente poderá contar
com tranquilidade, segurança e respeito no atendimento.

Ícone do Whatsapp
Contrate
pelo WhatsApp
(47) 99102-9618
Plano Valor
Contrate
Agora Mesmo
Contrate
pelo WhatsApp